a autora

Kauana Araújo é uma inquieta e típica mulher paulistana: apressada, ansiosa e ligada nos 220 o tempo inteiro. Embora seja natural de São Paulo, assume abertamente a sua paixão pelo Rio de Janeiro, cidade que deseja morar em breve.

O seu amor pela corrida de rua começou aos 18 anos, esporte que hoje não vive sem. No começo de sua trajetória, corria para eliminar os quilinhos a mais e nesse processo, fez da corrida sua terapia e válvula de escape. Dos 5 km, pulou para os 10 km, 15 km, 21 km e se encontrou definitivamente nos 42 km. Aos 21 anos, completou a Maratona do Rio de Janeiro e com 22 anos, voltou novamente para fazer a distância e voltou para a casa com mais uma medalha. Hoje já soma 5 maratonas no currículo.

Apaixonada pelos 42 km, ela afirma que é a distância que mais a intriga, desafia e a que mais a faz conhecer a si mesma. Fez a promessa de correr todos os anos uma maratona e já pensa em estrear nas ultramaratonas.

É jornalista, graduanda da PUC-SP e já atuou como repórter na Iguana Sports, escrevendo para a WRun e no site Sua Corrida. Já fez parte do time de jornalistas do portal Running News, MídiaSport e Runner’s World Brasil. Hoje, é Digital Expert de produtos running na Nike do Brasil e colaboradora do site Webrun e da revista Endorfina.

Vegatariana, palmeirense, aquariana e de bem como a vida, como deve ser, ela é focada e determinada e – corre (literalmente) atrás do que sonha e garante que essa seja sim sua melhor qualidade. E seus piores defeitos? Três: falar muito, dormir pouco e ser viciada em cáfe.