National Geographic e Nike se unem para lançamento de um documentário sobre o Breaking2

O dia 06 de maio de 2017 ficou na memória dos apaixonados por corrida já que nesse dia, após um ano de treinamento avançado, três dos maiores fundistas de elite do mundo se propuseram a quebrar a barreira de duas horas na maratona. Cerca de 19 milhões de espectadores em todo o mundo assistiram ao vivo os corredores que teve como destaque o queniano  Eliud Kipchoge, de 32 anos, que chegou a apenas 25 segundos de quebrar a indescritível marca de duas horas.

E para a alegria dos fãs da marca e do projeto, a National Geographic e a Nike Inc. anunciaram hoje o documentário mundial Breaking 2, relatando esta jornada lendária que redefiniu os limites do potencial humano. A National Geographic Studios, em associação com a Dirty Robber, uma empresa de produção e entretenimento indicada ao Oscar, produzirá o filme. O Breaking2 terá sua estreia em setembro na National Geographic nos EUA e na Europa, e será disponibilizado globalmente em plataformas digitais.

“Com a Nike como o parceiro perfeito para contar esta história incrível, o Breaking2 trata de ultrapassar limites e ir mais longe. Esperamos que os telespectadores se identifiquem com os corredores em nível pessoal “, disse Brendan Ripp, vice-presidente de vendas e parcerias da National Geographic. “Eles são superatletas, mas testemunhamos os três em momentos incrivelmente pessoais de suas vidas diárias, suas esperanças e seus sonhos, bem como seu treinamento”.

“Este projeto demorou mais de dois anos para ser realizado e com o alcance global incomparável da National Geographic, esperamos levar essa história de paixão e coragem para criar diálogos e inspirar as pessoas a pensar de forma diferente sobre como elas se aproximam de suas vidas diárias”, disse Nikki Neuburger , Vice-presidente de marketing de marca, corrida global da Nike Inc. “Estamos entusiasmados em compartilhar a história desses três incríveis corredores e da equipe de cientistas e desenvolvedores de produtos, em sua jornada para desafiar os limites do potencial humano”.

Com uma cinematografia de tirar o fôlego, o filme narra a jornada de três corredores de classe mundial e suas equipes, enquanto eles tentam desafiar o impensável. Breaking2 trata da interseção da tecnologia com o espírito humano. De testes em túneis e laboratórios de corrida nos Estados Unidos ao equilíbrio entre o treinamento e suas vidas diárias no leste da África e a corrida final emocionante na Itália, seguimos esses pioneiros em sua caminhada global para quebrar a barreira de duas horas.

Conheça os corredores:

Eliud Kipchoge: Este queniano de 32 anos corre com confiança infalível e está sempre relaxado, à vontade e em total controle. Se ele vai quebrar o recorde algum dia não é algo do qual ele duvida. É um fato.

Lelisa Desisa: um Etíope tranquilo de 27 anos, Desisa apareceu repentinamente em 2010 com tempos incrivelmente rápidos e ganhou a Maratona de Boston duas vezes. Embora recentemente seus tempos tenham oscilado, os cientistas da Nike veem um grande potencial neste jovem atleta e acreditam que Desisa tem o potencial de correr uma maratona em menos de duas horas no futuro.

Zersenay Tadese: da Eritreia, Tadese, de 35 anos, detém o recorde mundial da meia maratona mais rápida já realizada. Mas seu tempo total de maratona historicamente foi tão ruim que, à primeira vista, é impressionante que ele faça parte da equipe. Mas os cientistas  acreditam que sua fisiologia sugere que ele possa, em última instância, ter a melhor chance de todos.

Os decididos atletas se encontraram com uma equipe de curiosos cientistas esportivos por mais de um ano para testes, análise de treinamento, design e desenvolvimento de inovação de produtos, e planejamento personalizado para o dia da corrida. Dr. Brad Wilkins, diretor da equipe Nike Explore no Nike Sport Research Lab (Laboratório Esportivo da Nike), liderou a equipe de cientistas cujo trabalho estimulou essa tentativa. Wilkins e sua equipe procuraram todas as maneiras para otimizar o desempenho dos corredores, desde a realização de testes de resistência até dados de laboratório e identificação da estratégia de corrida ideal. Outra peça importante para a ciência por trás do projeto é o Dr. Brett Kirby. Como especialista em bioenergética humana, Kirby conduz pesquisas pioneiras que exploram melhor desempenho para cada atleta. Sua fórmula para medir e melhorar a velocidade de um corredor, economia em corrida, capacidade de hidratação e consumo de oxigênio é a base para a ciência por trás dessa tentativa revolucionária.

No final, a barreira das duas horas não foi quebrada por apenas uns segundos. Como é dito por meio desses atletas excepcionais, esta é a história de como “não conseguir ” é um dos feitos atléticos mais heroicos e surpreendentes de todos os tempos.

Para mais informações visite www.natgeotvpressroom.com ou siga-nos no Twitter usando @NGC_PR.

O documentário Breaking2, em parceria com a Nike, será produzido pela National Geographic Studios em associação com a Dirty Robber. Brian Lovett e Jeff Hasler são os produtores executivos da National Geographic Studios. Na Dirty Robber, o filme é dirigido por Martin Desmond Roe, e Chris Uettwiller e Jason Puris são produtores executivos. Mark McCambridge é o produtor executivo. Kathlyn Horan é a produtora. Betsy Forhan é produtora executiva; Kevin T. Mohs é vice-presidente de produção; e Tim Pastore é presidente de programação e produção original do National Geographic Channel.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s