Chega de “pipoca”!

Sem dúvidas: o assunto ‘pipoca nas corridas de rua’ é um dos que mais geram polêmica e problemas entre organizadoras e corredores. Com o intuito de acabar com essa prática comum no cenário esportivo, a Yescom, uma das principais empresas organizadoras de eventos esportivos do país reuniu na manhã de hoje (26), no hotel Estanplaza em São Paulo, alguns dos principais veículos e profissionais especializados do mercado para fazerem parte dessa campanha.

Um dos problemas mais frequentes nas corridas de rua, apontado pelos organizadores, é o “pipoca”. Essa pessoa, além de participar de um evento sem fazer inscrição, acaba utilizando os benefícios destinados aos atletas oficialmente inscritos, como água, assistência médica e toda infraestrutura. O evento levantou opiniões para uma campanha que visa diminuir esse péssimo hábito que vai contra a proposta de cidadania e respeito para com o próximo.

Essa iniciativa da Yescom, promoveu o encontro entre parceiros e formadores de opinião e a ideia para um próximo debate será reunir outros organizadores e o poder público e de acordo com Thadeus Kassabian, proprietário da Yescom, cerca de 30% do valor das inscrições são voltados para cobrir custos dos “pipocas”.

Outra prática ilegal nas corridas de rua também levantada na reunião foi a cópia de números de peito para participação no evento, a cópia e uso de fotografias nas redes sociais sem a compra da mesma, questão discutida pelos representantes dos principais sites de venda de fotos do Brasil.

“As provas da Yescom são lançadas com antecedencia com valores promocionais, e porcentagem de desconto para idosos no valor promocional. A Yescom está buscando novas dinâmicas para inibir pipocas, como por exemplo aumentar o controle de acesso á área de largada, onde somente corredores com número poderão ter acesso ao local. Fiscais farão a triagem antes do funil de chegada, monitoramento e avisos nos postos de hidratação, staffs melhor orientados, flyer de conscientização, publicação nas redes sociais, entre outras iniciativas.” completou Thadeus Kassabian.

Fonte: MidiaSport

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s