15 filmes inspiradores para quem corre

Nada melhor para nos inspirar do que um bom filme, não é mesmo? Pensando nisso, a organização da Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro reuniu uma lista de títulos que contam com tramas e lições inspiradoras que podem ser levados para o dia-a-dia da corrida.

Trazendo persistência, perseverança, resiliência e superação como ingredientes, essas obras poderão te ajudar naquele dia em que não se sente tão motivado para ir treinar e também a te ensinar a nunca pensar em desistir.

Nesse ano, a Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro acontecerá no dia 18 de junho e irá reunir três distâncias: Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro (42km), Meia Maratona (21 km) e Family Run (6Km).

Abaixo, confira a lista:

1. FORREST GUMP (1994)
Este clássico certamente não inspira apenas os amantes de corrida. Tom Hanks interpreta um americano que vivencia alguns dos principais eventos da segunda metade do século XX. Desde pequeno, corre para fugir dos problemas, até que um dia resolve cruzar os Estados Unidos correndo sem parar, inspirando milhares de pessoas. Foi indicado a 13 Oscars, vencendo em 6 categorias, entre elas a de Melhor Filme e Melhor Ator.

2. RAÇA (2016)
O filme conta a história emocionante de Jesse Owens, atleta negro americano que disputou as Olimpíadas de Berlim em 1936, em pleno regime nazista. Contrariando a crença nazista da supremacia branca, ele ganhou 4 medalhas de ouro, superando corredores arianos. Nada mais inspirador do que uma história real.

3. CARRUAGENS DE FOGO (1981)
Até quem não assistiu a este clássico conhece sua trilha sonora. A música-tema foi adotada pelas emissoras de TV do mundo todo ao transmitir provas de maratona, tornando-se hino dos corredores. O drama mostra a preparação da equipe de atletismo britânica para as Olimpíadas de 1924, em Paris. Eric Liddell (Ian Charleson) e Harold Abrahams (Ben Cross) pretendem disputá-la, de maneiras diferentes. Enquanto Liddell é um missionário e corre em devoção a Deus, Abrahams é um judeu que enriqueceu recentemente e deseja provar sua capacidade. Ambos são classificados para a equipe do Reino Unido. Vencedor do Oscar de melhor filme.

4. O LADO BOM DA VIDA (2012)
Mesmo não tendo a corrida como tema central, é inspirador por mostrar que ela pode ser usada para recomeçar e mudar de vida após problemas como a depressão e a perda de entes queridos. Na trama, o personagem de Bradley Cooper (Pat Solatano), recém-divorciado e tomando remédios para seu transtorno bipolar, se aproxima da personagem de Jennifer Lawrence (Tiffany Maxwell) durante sua rotina de corridas de rua. Ela, por sua vez, perdeu recentemente o marido, foi demitida e passa por problemas psicológicos. Pat pede a Tiffany que entregue uma carta à sua ex-mulher e, em troca, aceita ser seu par em um concurso de dança, e assim desenvolvem uma estranha amizade. É baseado no romance de mesmo nome escrito por Matthew Quick.

5. THE SPIRIT OF THE MARATHON (2007)
O documentário conta a história de 6 corredores, amadores e profissionais, e sua preparação para a Maratona de Chicago em 2005, proporcionando uma verdadeira imersão no mundo das maratonas. Há depoimentos de atletas como Frank Shorter, Paula Radcliffe e Alberto Salazar. Sua produção levou 4 anos para ser finalizada. Inspire-se com a disciplina e a motivação desses atletas para sua próxima prova de 42 Km!

6. O ATLETA (2009)
Indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro, o filme conta a história de Abebe Bikila, o primeiro atleta negro africano a conquistar um ouro olímpico. Ele correu descalço a maratona nas Olimpíadas de Roma, em 1960, e repetiu o feito nas Olimpíadas de Tóquio, 4 anos depois. Após um acidente deixá-lo paralítico, ele não se deu por vencido e passou a treinar arco e flecha para as Paralimpíadas. Uma verdadeira lição de superação.

7. CORRA, LOLA, CORRA (1998)
Apesar de não ser sobre a corrida como esporte, seu enredo é uma correria só. No filme alemão, Lola é namorada de um criminoso e precisa correr pelas ruas de Berlim para resgatar os 100 mil francos que seu namorado esqueceu no metrô, e evitar a ira de seu chefe. São apresentados 3 possíveis finais para a história. Será que um maratonista se sairia melhor do que Lola nessa tarefa?

8. ROCKY (1976)
Também podemos buscar inspiração em outros esportes! Ainda mais porque Rocky, personagem de Sylvester Stallone nesse clássico, corre bastante durante seus treinos de boxe, protagonizando uma das cenas de corrida mais famosas do cinema. O filme inspira porque mostra que, nos treinos, nos superamos tanto quanto nas competições. Dá até vontade de baixar a trilha sonora e imitar a famosa cena da escada!

9. LIVRE (WILD)
O tema central deste filme é o recomeço na vida de Cheryl, personagem de Reese Witherspoon. Após perder sua mãe, se divorciar e passar por uma fase ruim repleta de drogas, Cheryl decide recomeçar investindo em uma caminhada de mais de mil milhas em trilhas pela costa do Oceano Pacífico. É inspirador porque mostra que cabe a cada um de nós querer mudar de vida e de hábitos. Cheryl se encontrou em uma longa caminhada, mas muitos de nós encontramos uma saída na corrida. O importante é mudar e isso vem de nós!

10. UM DOMINGO QUALQUER (1999)
O filme é sobre futebol americano, mas os valores e a emoção são universais a qualquer esporte. Conta a história dos bastidores do futebol americano, dos jogadores aos treinadores, imprensa e donos das equipes, que as veem como negócio. Mas o que torna o filme tão inspirador não só para amantes de corrida, mas para qualquer pessoa, é o discurso motivacional de Al Pacino, que interpreta o treinador, para sua equipe antes de um jogo decisivo. A cena é tão emocionante que as falas de Al Pacino se tornaram o discurso mais motivador do cinema. Apesar de falar sobre futebol, vale levar seus ensinamentos para a corrida e para a vida!

11. MEU PAI, MEU HERÓI (2013)
Essa história emocionante de superação mostra a relação entre um pai maratonista e atleta de triathlon e seu filho deficiente. Paul desiste do esporte e acaba se afastando de seu filho Julien ao saber que ele passará o resto da vida em uma cadeira de rodas. Mas é de Julien que vem a ideia de participar da competição Ironman com seu pai. A prova é considerada uma das mais difíceis do mundo e inicialmente Paul declina do pedido, mas os dois acabam se aproximando por meio dos treinos. Imperdível!

12. HOMENS DE HONRA (2000)
Determinação em busca de seus objetivos é a principal lição e inspiração obtida deste filme, estrelado por Robert de Niro e Cuba Gooding Jr. Baseado em fatos reais, conta a história do Sargento Carl Brashear (Gooding Jr.), primeiro afro-americano a se tornar Mergulhador de Combate Chefe da Marinha americana. Nascido em família humilde, ele entra para o exército como cozinheiro, uma das poucas funções permitidas aos negros na década de 50. Quando sua rapidez na natação chama atenção, torna-se nadador de resgate e entra para a escola de mergulhadores. Carl enfrenta muito preconceito e dificuldades, além do difícil comandante Leslie (De Niro), mas nada pode fazê-lo desistir de seu sonho. Vale assistir quando estiver se sentindo desanimado e pensando em desistir.

13. MCFARLAND (2015)
Também é baseado em fatos reais. Um grupo de jovens de uma comunidade rural americana não possui um futuro promissor, mas com a chegada de um professor de educação física na escola local, passam a ter uma nova perspectiva ao formarem um grupo de corrida cross country. McFarland é interpretado por Kevin Costner. Uma verdadeira lição de superação das adversidades.

14. MENINA DE OURO (2004)
O filme de Clint Eastwood foi filmado em apenas 37 dias e indicado a vários Oscars, tendo vencido o de melhor atriz (Hillary Swank), melhor filme, melhor diretor e melhor ator coadjuvante (Morgan Freeman). A perseverante lutadora Maggie perde os movimentos do corpo após uma luta e com eles a vontade de viver. Cabe a seu treinador, vivido por Eastwood, resolver o dilema ético e moral resultante do problema. Persistência e foco são os valores passados na história.

15. SOUL SURFER – CORAGEM DE VIVER (2011)
Também baseado em fatos reais. Aqui, acompanhamos a história da surfista Bethany Hamilton. No auge da juventude, é atacada por um tubarão e perde seu braço esquerdo. Bethany fica muito abalada e pensa em desistir do surfe, mas com o apoio dos pais, amigos e de seus fãs, ela se adapta, supera as dificuldades e volta a treinar. Nossas reclamações de dores, lesões e problemas na corrida ficam pequenas ao nos depararmos com a vontade de viver e vencer de Bethany.