Corrida de São Sebastião CAIXA 2017 contará com grandes nomes da elite

Se depender dos atletas que figuram a lista do pelotão de elite da edição 2017 da Corrida de São Sebastião CAIXA – que acontece na próxima sexta-feira (20.01) – no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, a prova de 10 km será uma das mais qualificadas da história. É que entre os 32 homens que encaram o desafio, destacam-se o queniano Dominic Pkemoi Cheronges, vencedor da Maratona de Amsterdã em 2014 e o etíope Tamiru Kefeyalew Demisse, medalha de prata nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, nos 1.500m. O Brasil quer voltar a subir ao lugar mais alto do pódio, já que em 2016 ele foi dominado por atletas africanos, e para isso vão ter que enfrentar essas feras, que estarão acompanhadas também por Hillary Kipngetich Kibet (Quênia), Mathew Kiptoo Cheboi (Quênia), Nelson Priva Mbuya (Tanzânia), Getu Kure Mideksa (Etiópia) e Augustine Paulo Sulle (Tanzânia). Entre as mulheres estão Augustine Paulo Sulle (Tanzânia), Emmaculate Jebet (Quênia), Shewaye Wolde Woldemeskel (Etiópia), Teclah Chbet (Quênia), Esther Chesang Kakuri (Quênia), Failuna Abdi Matanga (Tanzânia).

“A Corrida de São Sebastião CAIXA sempre conta com grandes nomes do atletismo mundial. Temos um medalhista paralímpico, um campeão da Maratona de Amsterdã, que é uma prova espetacular, além de vários outros atletas com chances de conquistar a vitória. Mas acima disso tudo está a celebração e a alegria de participar dessa prova. Homenagear nossa cidade e nosso padroeiro numa grande festa”, afirma Carlos Sampaio, sócio diretor da Spiridon Eventos, empresa que organiza a prova.

Destaque entre os brasileiros, Giovani dos Santos quer recuperar o título, já que venceu em 2015, e está confirmado para essa edição. Mas além de ver um estrangeiro vencer a prova em 2016, ele viu também o recorde da prova sendo batido, ou seja, o desafio agora é duplo. Ele terá que alcançar uma marca ainda melhor esse ano, pois seus adversários vão fazer de tudo para faturar a prova e dificultar a vida do brasileiro, principalmente os africanos, que sempre surpreendem nas corridas de rua. Os cinco primeiros colocados nas categorias masculina e feminina de 10km receberão prêmios em dinheiro e troféus.

A Corrida de São Sebastião CAIXA é uma das mais tradicionais provas da cidade e abre o calendário oficial dos eventos esportivos do Rio de Janeiro. O evento, que também faz parte das comemorações oficiais do feriado do santo padroeiro do Rio, vai reunir cinco mil participantes, que vão se aventurar em provas com percursos de 5 km e 10 km.