Vamos pular corda?

Atualmente, mais pessoas estão se beneficiando do exercício de pular corda, atividade que é pode parecer fácil, mas que precisa ser executada de maneira correta para eliminar quaisquer chances de lesões ou desconfortos musculares.

Segundo Natalia Bruzzone, professora da Smart Fit, maior rede de academias da América Latina, existem diferentes variações para um treino de pular corda, que deve ser feito com tênis e vestimenta adequada. “Respeitando a individualidade de cada um, é possível montar um treino variado com exercícios de força ou aeróbicos”, explica Bruzzone.

A orientação da professora é que, no início, o praticante evite pular corda por mais de um minuto para evitar lesões, considerando que esse tipo de treino possui intensidade elevada e requer coordenação, o que o aluno conquistará de forma progressiva. “Com tanta dinâmica, o treino de pular corda pode ser uma excelente alternativa para quem busca emagrecer e perder gordura corporal. Também é possível conquistar boa tonificação de membros inferiores, como coxas, glúteos e panturrilhas, desde que o praticante complemente o treino com exercícios de fortalecimento, que ajudam a evitar danos ao corpo”, complementa a especialista.

Abaixo, confira cinco principais benefícios de pular corda:

  •  Ajuda a combater a celulite e a osteoporos
  •  Proporciona condicionamento cardiovascular
  •  Promove a queima de gordura, colaborando com o emagrecimento
  •  Trabalha todo o corpo, fortalecendo os músculos superiores e inferiores
  •  Desenvolve a coordenação motora e a agilidade