Thompson é a nova rainha da velocidade

A final dos 200m feminina dessa Olimpíada talvez tenha sido uma das mais intensas. Quem viu ao vivo, pode vibrar muito ao ver a disputa acirrada entre a jamaicana Elaine Thompson e a holandesa Dafne Schipper, tida como a favorita da prova, mas que não levou o título. Elaine, a também mais rápida do mundo nos 100m, venceu a prova com 21s78 e desbancou Schipper.

As duas disputaram até os últimos metros, mas não deu para a holandesa, que cravou 21s 79. O terceiro luar ficou com a americana Tori Bowie, com 22s15. Desde 1988 que uma mulher não ganhava os 100m e os 200m na mesma Olimpíada – a última foi americana Florence Griffith-Joyner.

2000

Com mais esse título, Thompson simplesmente se iguala ao compatriota Usain Bolt, bicampeão olímpico dos 200m (busca o terceiro ouro amanhã) e já tri dos 100m.

“Meu lema na escola era ‘deixe a luz brilhar’, e deixei minha luz brilhar hoje à noite”, disse Elaine aos repórteres. “É uma grande surpresa para mim, porque tive uma lesão. Você precisa superar essas coisas, e esta noite estou aqui com um ouro.”

Veja o vídeo da competição aqui: https://globoplay.globo.com/v/5243498/