Papo de mulher

Antes de participar da minha quinta maratona na Cidade Maravilhosa e Olímpica, a Gatorade me convidou para participar de um teste exclusivo sobre o meu suor. Ainda disponível apenas para atletas da marca ou convidados, essa experiência me ajudaria a montar uma estratégia de hidratação para a Maratona do Rio, além de fazer com que eu entendesse ainda mais sobre o que acontece com o nosso corpo quanto praticamos algum tipo esporte de endurance e também da importância a importância da suplementação pré, durante e pós corrida.

Como se não bastasse a ajuda que teria para uma prova cuja performance poderia ser muito melhor, minha chefe da revista Runner’s World Brasil pediu que eu fizesse uma matéria contando um pouco sobre o teste na edição de julho, recém lançada. Posso dizer que foi algo memorável, não só por se tratar de descobrir e entender questões cruciais sobre a corrida, mas também escrever para um veículo que sempre admirei e que há tempos gostaria de ser colaborada. Para quem não sabe, essa foi a minha primeira matéria no impresso depois de um ano e sete meses cuidando do site online da revista (clique aqui para acessá-lo).

A matéria já pode ser lida na íntegra de maneira impressa ou na versão digital da revista. (clique aqui para adquirir). Em agosto publicarei aqui, mas por enquanto, as únicas maneiras são dessa forma. Quem quiser, por favor, dê o feedback, me digam o que vocês acharam, o que vocês não gostaram!

Aproveito o momento para agradecer à toda equipe da Gatorade que me ajudou a fazer o teste e ainda fazer uma corrida inesquecível e minha editora-chefe Patrícia Julianelli pela oportunidade!